Como Solicitar Isenção do Imposto de Renda para Doenças Específicas: Guia Completo

Descubra Como Obter Isenção do Imposto de Renda para Doenças Graves e Ganhe Alívio Financeiro

Se você é beneficiário do INSS e sofre de uma doença grave, pode ter direito à isenção do imposto de renda. Este benefício é destinado a pessoas com condições específicas listadas na Lei 7.713/88.

O processo é realizado majoritariamente online, garantindo maior comodidade e rapidez. A seguir, detalhamos todo o procedimento para solicitar a isenção e os requisitos necessários.

Quem Tem Direito à Isenção?

A isenção do imposto de renda é válida para beneficiários do INSS que possuem uma ou mais das seguintes doenças, mesmo que tenham sido diagnosticadas após a aposentadoria:

  • Moléstia profissional
  • Tuberculose ativa
  • Alienação mental
  • Esclerose múltipla
  • Neoplasia maligna
  • Cegueira
  • Hanseníase
  • Paralisia irreversível e incapacitante
  • Cardiopatia grave
  • Doença de Parkinson
  • Espondiloartrose anquilosante
  • Nefropatia grave
  • Hepatopatia grave
  • Doença de Paget (osteíte deformante)
  • Contaminação por radiação
  • Síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS), conforme diagnóstico médico especializado
receita-federal-imposto-de-renda
Foto/Reprodução

Como Realizar o Pedido?

Para solicitar a isenção do imposto de renda, siga estas etapas:

  1. Acesse o Portal Meu INSS:
    • Faça login no portal “Meu INSS” ou baixe o aplicativo “Meu INSS”.
    • Clique no botão “Novo Pedido”.
    • Digite “isenção de imposto de renda” na barra de busca.
    • Selecione o serviço correspondente na lista.
  2. Documentação Necessária:
    • Número do CPF.
    • Atestado, laudo ou relatório) que comprovem a doença.

    Se o pedido for realizado por um procurador ou representante legal, também serão necessários:

    • Procuração pública e Termo de Responsabilidade (ou particular, conforme modelo do INSS).
    • Termo de representação legal (tutela, curatela ou termo de guarda).
    • Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do procurador ou representante.

Perícia Médica

Durante o processo de análise, pode ser necessário realizar uma perícia médica. Se você for chamado para a perícia, deverá comparecer no local, dia e hora marcados pelo INSS, levando todos os documentos de identificação e os documentos médicos originais.

Tempo de Espera e Acompanhamento

O tempo estimado para a prestação deste serviço é de 30 dias corridos. Para acompanhar o andamento do seu pedido, acesse o portal “Meu INSS”, clique em “Consultar Pedidos” e encontre seu processo na lista. Para mais detalhes, clique em “Detalhar”.

Canais de Atendimento

Caso tenha dúvidas ou precise de assistência, você pode entrar em contato com a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135, disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Leia também:

MEI: Seja Seu Próprio Patrão! Vantagens e Passo a Passo da Formalização

14º INSS Antecipado: Confira se Você está na Lista de Idosos Beneficiados!

PIS/Pasep: Saiba tudo! Calendário, Consulta e Dicas para Receber

Atendimento Prioritário

Pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos têm direito a atendimento prioritário, conforme estabelecido pela lei 10.048 de 8 de novembro de 2000.

Para mais informações ou dúvidas sobre o serviço, ligue para a Central de Atendimento do INSS no número 135.

Quer se manter informado sobre as novidades dos benefícios de forma digital? Então, acompanhe o Notícias sobre Benefício e fique por dentro de todas as informações importantes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.